Além das piscinas e academias. Investimentos para a valorização dos imóveis e para a qualidade de vida e bem-estar nos condomínios ganham cada vez mais força e são vistos como tendências tanto para os condomínios horizontais como verticais.  Algumas mudanças focam ainda na proteção ao meio ambiente e em tecnologias mais inteligentes para facilitar o dia a dia de moradores e reduzir custos.

Para inspirar seu condomínio a realizar mudanças simples – mas que podem fazer toda a diferencia na rotina dos moradores –  listamos algumas dessas tendências:

Bke Sharing

A venda de bicicletas no Brasil alcançou índices inesperados devido às condições impostas pela pandemia do Coronavírus. De acordo com os dados da Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike), divulgados pela UOL, em maio de 2020 houve 50% de aumento nas vendas, em comparação com o mesmo período em 2019. Em agosto, os números do mercado das bicicletas no Brasil alcançaram 93% de crescimento. Além de alternativa ao enfrentamento de transportes públicos e do trânsito cada vez mais caótico, a tendência é que a bicicleta se transforme em meio de locomoção cada vez mais popular e também como escolha para aqueles que buscam lazer, esporte e hábitos de vida mais saudáveis.

Para acompanhar a transformação do estilo de vida e o aumento da procura por bicicletas, os condomínios podem investir em bicicletários ou alternativas ainda mais inteligentes, como a compra de bicicletas que poderão ser utilizadas pelos moradores – incluindo modelos elétricos, apostando no conceito “bike sharing”, mercado que vai  pode mostrar uma taxa de crescimento anual de 11,23% (CAGR 2021-2025), resultando em um volume de mercado projetado de US $ 11.040 milhões até 2025. (Fonte: Statista)

Coworking

Espaços organizados para trabalhos, reuniões e visitas de negócio podem ser tão valorizados quanto salões de festa e academias. Isso porque o home office é a aposta para novas relações de trabalho e, como divulgado por reportagem do site Pequenas Empresas Grandes Negócios, 90% dos profissionais acreditam que o home office será o futuro das empresas.

Apostar em mobiliários funcionais, internet de alta velocidade, alguns suportes tecnológicos e em uma agenda de reservas bem organizada pode valorizar os espaços e ser grande diferencial para os condomínios.

Lavanderias

Lavanderias coletivas são economia para moradores, otimizam espaço nas unidades e ainda podem fazer com que projetos de reutilização de água funcionem de forma efetiva nos condomínios. Outro fator importante é de que máquinas profissionais podem reduzir o tempo de lavagem e secagem para menos de 2 horas – o que pode significar em grande vantagem para moradores que vivem correndo contra o tempo. A utilização pode ser cobrada através das taxas mensais ou em sistemas mais dinâmicos, como cartões de recarga.

Discutir o assunto em assembleia, escalonando gastos iniciais e retorno do investimento a médio – incluindo informações sobre como a alternativa pode promover um sistema de água de reuso mais eficiente, pode contribuir para tornar a pauta mais clara aos moradores. Para saber mais sobre o assunto, nesse artigo, discutimos as vantagens dos sistemas de reuso e captação da água da chuva. 

Compostagem

Já pensou como os resíduos orgânicos gerados nas unidades – como cascas de frutas, legumes, filtros e borra de café – podem se transformar em adubo orgânico para jardins e hortas, ou até mesmo distribuído para moradores? Com baixo investimento e composteiras que ser adequam às demandas de condomínios de todos os portes, a reciclagem dos resíduos é aposta para condomínios mais sustentáveis e conscientes e com programas de descarte e gestão mais eficientes. Neste link, você conhece mais sobre o que é a compostagem e como colocar seu projeto em prática. A compostagem ainda pode ser uma excelente forma de praticar a educação ambiental com crianças e adolescentes e promover um futuro mais ecológico das comunidades