Quem vive ou deseja viver em um Condomínio, precisa ter em mente que todos os deveres e decisões são compartilhadas. Por conta disso, é essencial que os inquilinos tenham em mente que o que é Responsabilidade Social e o tamanho da sua importância, não apenas para gerir o lixo gerado de maneira correta, mas, para garantir um Ambiente saudável para todos.

A reciclagem é um fator essencial dentro de residências, clubs housers, edifícios e condomínios de forma geral. Por meio dela, é possível reaproveitar materiais, fazendo com que toneladas de resíduos não cheguem até o meio ambiente. Além disso, o reaproveitamento também é sinônimo de economia.

Um sistema específico de coleta permite a separação dos resíduos para a destinação correta. Alguns empreendimentos, por exemplo, fecham parcerias com empresas recolhem esse tipo de material e acabam ajudando milhares de famílias que sobrevivem da reciclagem. Isso torna esse tipo de ação ambiental e social.

No entanto, a responsabilidade social é um dever não apenas da administração do condomínio, mas, de todos os seus inquilinos. Cada um possui uma parcela importante dentro desse conjunto de ações. Logo, é muito importante que todos os moradores saibam como auxiliar nessa tarefa.

Os 3(três) “R” da Responsabilidade Social

Reduzir, Reciclar e Reutilizar, esses são os três Rs da Responsabilidade Social que qualquer pessoa precisa saber. Ambos são essenciais para manter um condomínio funcionando de maneira sustentável, e, também, para criar um ambiente saudável para moradores e funcionários.

Apesar de ser uma fórmula bastante difundida, graças a Era Verde em que vivemos, muitos administradores de residenciais podem sentir dificuldades em entender como implantá-los dentro dos empreendimentos. Na verdade, essa tarefa exige o desenvolvimento de uma série de ações de forma conjunta. Confira abaixo algumas delas?

  • Implantação de sistema específico de coleta: Recolher os resíduos gerados é o primeiro passo para um condomínio que tenha responsabilidade social. Por meio dessa atividade, é possível reaproveitar materiais e destiná-los de maneira correta.
  • Investimento em ações de conscientização: Para manter um ambiente sustentável, é muito importante que todos os inquilinos saibam a parte de cada um para o bem-estar geral, logo, é essencial colocar em prática ações de conscientização que expliquem a importância de cada um seguir os três Rs.
  • Criação de campanhas: Atualmente, existem várias maneiras de tornar um condomínio verde. Recolher o óleo usado nos apartamentos, por exemplo, é uma delas. Por isso é importante que a administração do residencial crie e divulgue campanhas do gênero entre os moradores.
  • Fornecedores verdes: Outra boa dica é trabalhar apenas com os chamados “fornecedores verdes”. Essas empresas prestadoras de serviços também desenvolvem políticas de responsabilidade social, o que acaba auxiliando que os condomínios se mantenham sustentáveis.

Essas são apenas algumas dicas de como um condomínio pode ser sustentável, e colocar em prática políticas de Responsabilidade Social. É preciso que se tenha em mente que essas ações dependem de um trabalho conjunto, e, acima de tudo precisam ser incentivadas diariamente pela administração.

A realização de campanhas e atividades sustentáveis dentro dos residenciais permite que os moradores se conscientizem sobre a causa e comecem a desenvolver seus próprios hábitos.

Como a Fintech CondoBlue pode ajudar a manter um condomínio sustentável?

Um dos grandes desafios de se realizar atividades de Responsabilidade Social é que elas tendem a exigir um investimento mais alto por parte da administração. Obviamente que o retorno desses investimentos é bem maior, contudo, para muitos empreendimentos, desembolsar valores mais altos pode ser um grande desafio. É nesse contexto que Fintech CondoBlue pode ajudar.

Antes de mais nada é essencial esclarecer o conceito de Fintech. Esse termo é usado para designar empresas que usam novos recursos tecnológicos para entregar serviços financeiros para seus clientes. Elas têm como objetivo otimizar a utilização desses serviços, por meio de ferramentas tecnológicas.

A CondoBlue é a primeira Fintech voltada especialmente para condomínios. Ela tem como principais diferenciais os processos totalmente digitais, as melhores condições para empreendimentos residenciais, e a agilidade. Tudo isso alinhado a um atendimento de primeira qualidade.

Mas afinal? Como ela pode ajudar a implantar ações de Responsabilidade Social no seu condomínio? Simples, ela oferece vários serviços que irão permitir a implantação de ações, campanhas e melhorias sustentáveis que tornem o empreendimento amigo do meio-ambiente.

Um deles é Crédito Condomínio. Ele possibilita que a administração solicite um capital de giro ou financiamento para quaisquer finalidades, como, por exemplo, melhorias no sistema de coleta específica. Além disso, essa linha de crédito é totalmente descomplicada, sem burocracia, garantia ou avalistas, o que otimiza o tempo dos colaboradores.

Essa é apenas um dos diferenciais que a CondoBlue oferece. A Responsabilidade Social é um dever de todos, e que deve ser colocado em prática todos os dias. Por conta disso, é imprescindível que boas práticas sejam adotadas dentro de condomínios, tanto pela administração, como, também, pelos moradores.