Muitos condomínios passam por reformas conforme vai passando o tempo, porém não determinar de maneira correta todos os processos relacionados à construção pode acarretar em reformas não planejadas com muitos prejuízos.

Os prédios e casas dos condomínios precisam sempre estar dispostos a mudanças e novas reformas para atender todas as necessidades dos moradores, além de evitar que o prédio fique obsoleto e desvalorizado no mercado.

Mas a pergunta de muitos é como planejar corretamente, sem esquecer nenhum ponto e sem prejudicar a minha obra? É esse ponto que o artigo vai abordar.

O planejamento é o mais importante

Um dos requisitos mais importantes para um projeto bem executado é estrutura-lo com planejamento. A falta de planejamento é o principal fator que leva muitos administradores a gastarem mais dinheiro e tempo previsto na obra.

Por essa razão, antes de qualquer formulação de projeto é preciso que muitos elementos sejam estruturados e analisados em equipe, pesquisando referências, analisando o orçamento e colocando no papel os objetivos finais.

Não determinar corretamente o orçamento que será demandado para o projeto todo é o principal erro em relação à reforma.

Dessa forma, reunimos algumas dicas e processos que precisam ser considerados antes de iniciar a sua reforma, evitando dores de cabeça e prejuízos na obra final.

4 dicas para reformar o prédio ou casa sem prejuízos

  • Se atente ao planejamento inicial

De acordo com muitos profissionais especializados, a falta de planejamento é o principal problema em uma reforma. Ele acaba gerando consequências e problemas graves à obra.

Para que não haja imprevistos durante a execução da reforma, o projeto, orçamento e o cronograma precisam ser definidos com antecedência.

Para realizar uma boa reforma é preciso que haja no projeto planejamento financeiro, isto é, os profissionais devem estabelecer uma lista de materiais e equipamentos que deverão ser adquiridos e definir os trabalhadores que serão contratos para a obra.

  • Ausência de profissionais especializados

Um dos erros mais recorrentes nas reformas não planejadas é reformar os prédios e casas dos condomínios sem contratar um profissional especializado do segmento.

O auxílio de especialistas como os arquitetos e engenheiros, podem encontrar através de um olhar profissional muitos prejuízos de projetos mal elaborados.

Contratar profissionais como o arquiteto, engenheiro civil e engenheiro elétrico especializados no serviço de reformas será uma excelente alternativa para solucionar e estipular futuros problemas que podem ocorrem na reforma.

Com a presença de especialistas a equipe consegue estar sempre com soluções à mão quando um problema ou um imprevisto surgir.

Além disso, é possível evitar desperdícios de matérias, já que o profissional irá calcular exatamente as quantidades. Desse modo, quem irá fazer a reforma não vai cometer o erro de comprar artigos desnecessários.

  • A compra dos materiais

Existe uma grande oferta de materiais de construção no mercado, de diferentes marcas, tipos e preços. A falta de conhecimento técnico pode fazer com que o idealizador da reforma cometa muitos erros nesse processo.

Muitos acreditam que comprar materiais mais baratos é uma boa alternativa, pois estão economizando mais na reforma, ou então compram o artigo mais caro do mercado, já que o preço é sinônimo de boa qualidade.

Essas duas opções podem ser ciladas e dar muito prejuízo para quem está realizando a obra, por isso é importante que toda a equipe estude e investigue quais são os melhores tipos e qual material é mais adequado para aquela determinada reforma.

  • Estude as formas de pagamento

Do que adianta pensar em um excelente projeto bem elaborado e planejado se os idealizadores não pensarem nas formas de pagamento de toda a reforma.

O mais indicado é fazer o pagamento à vista, essa sempre será a melhor opção já que a compra de materiais e contratações profissionais podem ser adquiridos por valores mais baixos com pagamentos na hora.

Além disso, os administradores irão se livrar de um comprometimento futuro com a obra. Se for o caso do proprietário não ter a quantia suficiente em caixa para realizar a reforma existe serviços que podem auxiliá-lo.

Reformas que precisam ser realizadas com urgência, demandam de serviços de empréstimos criados especificadamente para esse fim. Muitas empresas oferecem excelentes opções para os proprietários, sem taxas e juros altíssimos.

Conclusão

As reformas não planejadas são alvos de despesas, gastos e prejuízos. Elas podem ser o elemento principal para que a obra seja um total desastre.

Se todos os passos que foram apresentados no artigo forem seguidos corretamente, sua reforma estará longe de estar mal planejada e o projeto será muito bem sucedido sem dores de cabeça.