Quando se trata da segurança em condomínios, a portaria acaba ganhando destaque, já que é por ela onde condôminos e outras pessoas tem acesso ao condomínio. Portanto, é importante que haja o mínimo de organização na portaria para que erros que comprometam a segurança dos moradores não sejam cometidos.

E evitar que a segurança em condomínios seja comprometida pode parecer difícil. Mas, adotando algumas medidas simples, é possível evitar certos erros. E, com isso, garantir mais segurança para todos que residem nesse espaço.

Pensando nisso, trouxemos neste artigo os erros mais comuns que comprometem a segurança em condomínios. Quer saber quais são eles?

Então continue lendo e descubra!

Erros que comprometem a segurança em condomínios – Não estabelecer regras claras para os condôminos

É essencial que sejam estabelecidas regras tanto para o controle de entrada quanto para o funcionamento da portaria. O que inclui o recebimento de encomendas, o cadastro dos prestadores de serviços e também os deveres dos condôminos e do porteiro.

Empregar essas regras garantirá que tanto moradores quanto os porteiros saibam como proceder para diferentes situações. E, assim, facilitará as coisas para o síndico, caso alguém tome atitudes que interfiram no funcionamento da portaria e, consequentemente, na segurança dos condomínios.

Não investir em equipamentos de segurança em condomínios

Não investir em equipamentos que garantam a segurança dos condomínios é um erro que pode custar muito caro.

Quando o porteiro tem acesso a ferramentas como câmeras e softwares de vigilância, o seu trabalho é melhorado, o que reflete diretamente na segurança dos moradores.
Desta forma, embora os custos costumem ser muito altos, eles são compensados pois garantem a tranquilidade dos condôminos e evitam prejuízos futuros.

Erros que comprometem a segurança em condomínios – Não qualificar o porteiro

Se você oferece os melhores equipamentos e softwares do mercado, mas o seu porteiro não sabe utilizá-los, certamente você está jogando dinheiro fora.

O mesmo vale para estratégias de proteção que, quando não informadas bem como ensinadas aos porteiros, não valem absolutamente nada.

Portanto, garanta que o profissional que cuida da sua portaria esteja devidamente qualificado para operar os equipamentos e o oriente sobre as melhores práticas de segurança.

Liberar a entrada do veículo sem identificar quem está dentro

Não identificar as pessoas que estão dentro de um carro autorizado a entrar pode causar graves problemas de segurança em condomínios. Portanto é essencial garantir que os ocupantes do automóvel são moradores ou visitantes liberados.

Para isso é interessante utilizar uma portaria virtual que facilita o trabalho do porteiro, o ajudando a conferir tanto a placa dos carros quanto seus ocupantes.

Erros que comprometem a segurança em condomínios – Permitir que o porteiro perca o foco da portaria

Um dos grandes problemas que comprometem a segurança em condomínios é, sem sombra de dúvidas, permitir que os porteiros realizem diversas funções dentro do condomínio. Como favores aos moradores, auxílio na manobra de carros ou entregas de encomendas.

Embora esse seja um erro bastante recorrente, ele é gravíssimo pois faz com que a portaria fique vazia por determinado período de tempo o que pode causar diversas falhas de segurança em condomínios, bem como atrapalhar a saída e entrada de moradores.

Focando em evitar os erros acima, com certeza a portaria do seu condomínio estará mais segura. E tanto síndicos quanto administradores não terão problemas com seus condôminos.

E então, curtiu o post sobre erros de segurança em condomínios? Identificou algum presente no seu condomínio? Se a resposta for sim, invista nas medidas mencionadas no decorrer desse post agora mesmo e melhore a segurança dos seus condôminos

Autor: Karina Matos