O reforço das medidas protetivas deve ser palavra de ordem nos condomínios contra o avanço das contaminações da segunda onda e novas variantes do vírus da Covid-19. Além da proteção de famílias, funcionários e fornecedores, zelar pelo bem estar da comunidade é um dos papéis a serem cumpridos pelos condomínios que encaram a responsabilidade social como uma missão ao nosso alcance.

O cuidado redobrado com a limpeza, a utilização de dispensers de álcool gel, tapetes sanitizantes e o incentivo à utilização de escadas ou elevadores podem ser o ponto de partida de um plano de ações mais consciente e eficiente. EPIs para funcionários e protocolo rígido de limpeza para superfícies como maçanetas, interfones, botões de elevadores, portas e corrimãos são indispensáveis.

Como já discutimos nesse post, a assembleia virtual, que pode tornar-se permanente nos condomínios, é medida para viabilizar discussões e votações, evitando aglomerações e privilegiando o isolamento social. Contudo, atenção às determinações da convenção, para que não haja previsões de proibição. Cumprir as regras de convocação e garantir que todos os condôminos tenham acesso às tecnologias de participação e votação também são importantes para validar as assembleias e suas decisões. Contar com o apoio da administradora é fundamental.

Da mesma forma, canais eletrônicos também devem funcionar como canais de comunicação oficiais e também como forma de divulgar regramentos e condutas a serem adotadas no combate ao vírus. A conscientização é tão importante quanto a definição de um plano de ações.

Um dos regramentos mais importantes para cumprir decretos emergenciais e protocolos de proteção dizem respeito ao controle da circulação e permanência nas áreas comuns e de lazer. Além do reforço das rotinas de limpeza, de acordo com as características e dimensões de cada condomínio, é fundamental estabelecer regras que impeçam a aglomerações, como a limitação de pessoas ao mesmo tempo em espaços como academias e piscinas.

Atenção ao home-office. Com mais pessoas trabalhando e estudando em casa, transtornos com obras e barulhos podem se tornar impedimento para o bom desempenho das atividades.

Regras para o acesso ao condomínio devem ser bem definidas, exigindo a utilização da máscara e o distanciamento social, inclusive para delivery e entregas de encomendas. A utilização de marcações e cartazes pode colaborar para que as medidas sejam cumpridas com mais facilidade.

Por fim, o seu condomínio pode colaborar com campanhas de ajuda à comunidade e organizações beneficentes? Neste post do GreenPeace, você confere 14 formas de ajudar quem precisa durante a pandemia do coronavírus em ações de solidariedade realizadas em todo o Brasil.