Viver em um condomínio significa estar bem próximo de pessoas com diferentes gostos, maneiras, necessidades, hábitos e rotinas. Para saber lidar com as diferenças é preciso utilizar práticas para uma boa vizinhança.

Manter uma boa convivência com seus vizinhos não é algo tão fácil, pois demanda muita paciência, empatia e respeito. Mas isso é algo que as pessoas devem fazer o máximo para conseguir, afinal todos querem ter paz e sossego em suas casas.

As práticas para uma boa vizinhança começam dentro de casa. Da mesma maneira que certas ações de outras pessoas de incomodam, algumas práticas suas podem incomodar os outros, por isso você deve ficar atento.

O bom senso é a chave para um bom convício, mas não é apenas isso. Para te ajudar, vamos mostrar algumas práticas que você deve ter para contribuir com sua relação com os vizinhos.

Práticas para uma boa vizinhança e um bom convívio.

Manter um relacionamento cordial com seus vizinhos torna a vida muito melhor e mais agradável. Seu nível de estresse pode ser menor se você viver em um condomínio em que as condutas são pautadas no respeito.

Muitos problemas poderiam ser evitados se todos fossem gentis e tivessem mais paciência uns com os outros. Por isso, tente desenvolver práticas para uma boa vizinhança como mostradas a seguir.

1 – Seja gentil

Pequenos gestos podem ser responsáveis por manter ótimas relações entre vizinhos. Atitudes simples, como dar bom dia ou segurar o elevador já fazem toda a diferença.

2 – Respeite as regras

Respeitar as regras é fundamental para que você tenha um bom convívio. Por isso, procure saber sobre os regulamentos do condomínio, para que você não descumpra sem saber.

Da mesma maneira que você ficaria irritado caso alguém descumprisse alguma regra, outras pessoas podem não gostar do que você fez.

3 – Receba os novos vizinhos com cordialidade

Os vizinhos novos são os melhores para quem quer propagar as práticas para uma boa vizinhança. Eles provavelmente não conhecem nada e irão precisar de ajuda com algumas informações.

Nessas horas é muito importante poder contar com o apoio de alguém. O gesto de ajudar fará com que vocês estabeleçam um ótimo convívio.  

4 – Mantenha seus animais de estimação dentro dos limites

Faça com que seu animal fique comportado, e não faça bagunças como, latir demais, entrar na residência dos vizinhos, pular nas pessoas ou então sujar as áreas comuns.

5- Seja solidário

Você poderia ser aquela pessoa neutra, que não faz muita diferença, mas não iria passar tanta simpatia. Por isso, faça pequenos gestos que mostrem solidariedade, pois isso não só transforma a vida no condomínio, como também deixa o mundo um lugar mais harmônico.

6 – Mantenha sempre uma boa postura em reuniões

Em reuniões de condomínio podem ocorrer algumas discussões, por isso, nesses casos você deve manter a tranquilidade, ter uma postura educada e com bom senso, sem se exaltar e acabar comprando briga que não deve.

7 – Sempre que possível, colabore

Se seu vizinho precisa de ajuda e você pode colaborar, faça. É através de trocas de favores que é mantida uma boa convivência. Hoje é a outra pessoa que precisa, amanhã pode ser você.

8 – Seja um bom motorista

Não dirija em alta velocidade em seu condomínio, podem ter muitas crianças brincando em determinadas áreas, o que pode causar um acidente. Tenha atenção redobrada quando estiver manobrando.

Outro ponto importante é estacionar corretamente, pois as vagas costumam ser muito apertadas, e se você não coloca seu carro no local certo pode atrapalhar os vizinhos na hora de estacionar.

9 – Confraternize

A maneira com que você lida com seu vizinho pode variar de cidade para cidade. Mas independente de onde você mora, sempre tem uma forma de confraternização.

Muitas pessoas passam anos morando em algum lugar e não sabem nem os nomes dos vizinhos. Mas isso geralmente varia com o estilo e personalidade de cada um.

Mesmo assim, vale a pena pensar em organizar confraternizações com seus vizinhos pelo menos uma vez no ano, pois assim melhoram o relacionamento. Esses encontros podem ser organizados pelos moradores ou pelo próprio condomínio.

10 – Compartilhe informações de contato

É importante de você tenha o número de telefone dos seus vizinhos, para que vocês possam se comunicar em caso de emergência.

Mesmo que os condomínios serem lugares mais seguros, muitas coisas podem acontecer e nessas horas você pode precisar de ajuda. Às vezes, você não está em casa e necessita que seu vizinho vá verificar se há algo errado com sua residência.

Pode acontecer também do seu filho chegar mais cedo em casa e não encontrar ninguém, podendo ficar no seu vizinho até você chegar. Por isso é sempre bom manter o contato.

Essas foram as 10 práticas para uma boa vizinhança. Se você segui-las corretamente, com certeza terá mais harmonia e menos estresse no seu dia a dia.